img_6448

Não defini metas nem objetivos muito concretos para 2017. Há tantas variáveis que se cruzam e podem comprometer aquilo que a priori me pode parecer claro e exequível… Prefiro pensar que, tal como em 2016, vou estar de bem com a vida; atenta às oportunidades que vão surgindo; de peito aberto para os que prezo; com vontade de descobrir lugares, experiências, ingredientes, pessoas, livros…

Desejo, igualmente, continuar a trabalhar em projetos que têm como retorno imediato momentos de aprendizagem e partilha enriquecedores que me acrescentam tanto. São disso exemplo algumas das experiências enquanto membro do DIATA. Em 2015, este foi um dos projetos fantásticos em que estive envolvida. No ano passado foi a vez da Quinta das Lágrimas servir de palco a outro projeto. Já vos escrevi sobre ele aqui. Hoje deixo mais informações que podem ser úteis aos que se interessam pela História da Alimentação.

vila_romana3

Arquéstrato. Iguarias do Mundo Grego. Guia Gastronómico do Mediterrâneo Antigo, da autoria de Carmen Soares é a obra em causa. De acordo com a sinopse do livro, é a primeira tradução para português do texto grego de literatura gastronómica mais antigo a ter chegado aos nossos dias […]. O poema do siciliano Arquéstrato (séc. IV a. C.) é um retrato da alimentação requintada das elites aristocráticas, com poder económico para comprar o mais caro dos ingredientes (o peixe fresco de qualidade) […]. A obra está, ainda, complementada por um anexo com fotos das receitas , atualizadas segundo os padrões modernos.

img_6452

Para vos abrir o apetite para as iguarias gregas de Arquéstrato, deixo uma das receitas de raia. A execuação ficou a cargo da equipa do restaurante Arcadas na Quinta das Lágrimas, primorosamente conduzida pelo chef Vítor Dias. Eu tive o privilégio de assistir à confecção, fotografar e partilhar a mesa com comensais conhecedores da História da Alimentação, nomeadamente a Doutora Carmen Soares.

Raia Estufada (para 2-3 pessoas)

Arquéstrato. Iguarias do Mundo Grego. Guia Gastronómico do Mediterrâneo Antigo, p. 109

Ingredientes:

500 gr. raia

20 gr queijo de cabra ou de ovelha

30 ml de azeite

15 gr de chalotas

3 gr de sal

1 gr de assa-fétida

Preparação:

Cortar previamente a raia em pedaços (sem retirar a cartilagem). Refogar a chalota picada em azeite, adicionar a raia e o sal, e deixar estufar durante 5 minutos. Adicionar o queijo ralado e a assa-fétida no final.