merida2

Há muito que havia a intenção de ir. Gostamos do país de nuestros hermanos e temos feito diversos «evasões» às diferentes regiões. No final do verão, depois de uma viagem que começou aqui e terminou nesta encantadora cidade, prometemos que em 2016, sempre que fosse possível, continuaríamos as nossas descobertas.

caceres1

Não tínhamos planeado começar já em janeiro mas, depois de ler este artigo e de a previsão meteorológica anunciar dias de sol para a extremadura espanhola, ficou decidido. Na ante-véspera marcou-se o hotel, no dia seguinte definiu-se o itinerário, sem rigidez que também gosto de contar com os imponderáveis e com a espontaneidade de nos deixarmos conduzir por aquilo que não vem anunciado em nenhum guia…

merida3

A primeira paragem foi em Mérida. Os vestígios romanos impressionam pela dimensão, beleza e deixam espaço para a imaginação. A imponência do teatro não deixa ninguém indiferente e vincou a vontade de regressar no verão, para o grande acontecimento da cidade. Depois de um almoço tardio, mesmo ao jeito deles, ainda houve tempo para visitar outros pontos de interesse na cidade. Depois a viagem foi rumo à medieval Cáceres, onde se chegou com a noite instalada a dar um ar mágico às ruas apertadas da cidade velha.

caceres2

No casco velho todos os edifícios têm uma história para contar. Não há casa ou igreja que não valha a visita. De noite parece ainda mais real a sua dimensão medieval e, se tivermos alguma imaginação, facilmente nos sentimos transportados para essa época.

caceres3

caceres8.JPG

E depois há as atrações gastronómicas…

caceres4

É quase impossível comer mal nestas duas cidades. Se Cáceres foi capital da gastronomia em 2015, Mérida foi buscar-lhe o título já este ano. As ofertas são muitas e nós aderimos muito ao conceito de tapearia… e as sugestões que nos deram no hotel foram certeiras. Valeu a pena abdicar do pequeno-almoço no hotel para o ir tomar aqui.

caceres9.JPG

comida_merida

Patatas con gulas y huevos

Salmorejo e Ovos com trufas

legumes6

Inspirada pelos diversos pratos com ovos, já em casa, um dos jantares foi um assado de legumes (cebola roxa, batata doce, couve-flor, cenoura, gomos de limão, salva, sal e azeite) com presunto ibérico que veio de lá e o remate de um ovo posto nos últimos minutos para que o calor do forno lhe desse a consistência perfeita.

De Espanha vem sempre bons ventos e boas inspirações!

legumes5.JPG