CARTAZ_10 JUNHOA Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz, com o apoio de várias entidades, pretende divulgar um produto local: a Salicórnia, ou espargos do mar na gíria popular, como lhes chamam os marnotos. Trata-se de uma espécie de praga das salinas, mas abordada pela cozinha contemporânea como um produto gourmet. Sendo uma planta halófita que cresce nas salinas e bastante tolerante ao sal, tem a particularidade de ser salgada, permitindo a sua utilização como substituto do sal. É uma planta sazonal que aparece espontaneamente entre março e agosto, sendo colhida fresca neste período.

De acordo com a opinião médica, a salicórnia é abundante em diversas vitaminas, sais biológicos, ácidos gordos e proteínas, compostos vitais para a saúde e equilíbrio alimentar. É recomendada a hipertensos pela já referida possibilidade de substituto do sal na confeção de refeições culinárias.

Desta forma, a DC convida a descobrir a salicórnia – um produto diferente, inusitado e único – em experiências de degustação que aliam a tradição com a inovação.

A primeira apresentação é já dia 10 de junho, no Mercado Municipal Eng. Silva, pelas 10h. A restauração local apresentará algumas propostas culinárias com a salicórnia e poderá levar consigo esta planta para experimentar em casa.