IMG_0921

Para finalizar o trio de sobremesas natalícias que saíram da minha cozinha fica a que mais me agradou e surpreendeu. Estranhamente nunca tinha provado o Pudim Abade de Priscos, ainda que dele muito tenho ouvido falar e lido, até os seus mistérios. Mas nunca aconteceu.

Depois de ver a versão da Mar fiquei ainda mais desejosa de o experimentar e o plano inicial era mesmo replicar a receita dela, sem alterações ou nuances. Mas na manhã de quarta, quando cheguei ao mercado, a minha estimada fornecedora de ovos caseiros, já não tinha as três dúzias que precisava para as minhas receitas, a contar com as escandalosas 25 gemas que a tal receita pedia.

Tive então de fazer cedências e, para não penalizar as restantes receitas, resolvi recorrer ao já habitual livro da Cozinha Tradicional Portuguesa da Maria de Lourdes Modesto que, na sua versão, é um pouco mais contida e fica-se pelas 15 gemas.

Adorei o resultado mas não obsta que num futuro breve experimente a versão da querida Mar.

IMG_0942

“Cozinha tradicional portuguesa” – Maria de Lourdes Modesto

Ingredientes:
400 gr. de açúcar
50 gr. de toucinho fresco
15 gemas
5 dl. de água
1 cálice de vinho do Porto
1 casca de limão
1 pau de canela
200 gr. de açúcar e 200 ml. de água (para o caramelo)

IMG_0924

Preparação:
* Fazer o caramelo, pondo num tacho o açúcar ( 200 gr. ) e a água (200 ml)
* Levar ao lume sem mexer até começar a escurecer
* Verter sobre a forma de pudim, espalhando bem o caramelo pelas paredes da forma, retirando o excesso
* Num tacho, colocar o açúcar, a água, a casca de limão, o pau de canela e o toucinho cortado em tiras pequenas
* Deixar ferver até atingir ponto de fio ( 103º, ou quando ao pôr uma gota de calda entre os dedos, polegar e indicador, se formar ao afastar os dedos, um fio sem grande resistência )
* Deixar arrefecer a calda fora do lume e retirar os pedaços de toucinho, a casca de limão e o pau de canela
* Separar as gemas das claras
* Juntar o vinho do Porto às gemas e misturar bem
* Adicionar a calda à mistura de gemas, mexer e colocar na forma
* Tapar e levar a cozer em  banho-maria, a 250º, durante aproximadamente 1 hora
* Quando estiver pronto, retirar a forma da água, deixar arrefecer e levar ao frio
* Desenformar e deliciar-se com a densidade deste inolvidável pudim

IMG_0564